16 de abr de 2011

Dexter e a Pia do Banheiro

Fazia cerca de 1 mês que havíamos adotado o Dexter. Ele estava com 2 meses, ainda tinha dificuldade pra subir na cama e levava vários tombos.


Logo que ele chegou...
Em uma tarde qualquer de sábado, a Ju havia feito brigadeiro para gente e o deixou lindo, quentinho num prato em cima da cama, pois íamos comer deitada assintindo algum seriado na tv. Em um momento de distração, Dexter subiu na cama, se aproximou do brigadeiro, cheirou o prato e, curioso como só ele, botou a patinha. Brigadeiro quente + gato = confusão. Dexter se assustou com a temperatura do prato (deve ter se queimado) saiu correndo, pisou no prato, pisou no edredom, no armário, no chão e foi parar na cozinha. Todo cagado.

Depois de rir muito - afinal ele era um bebê fofo fazendo meleca – fomos obrigadas a dar um banho dele. O levamos pra pia do banheiro e ele entrou em desespero. Demos o banho mesmo assim, secamos com a toalha e fomos limpar o resto da bagunça.

Espertão
O Dexter é um gato que adora água, fica horas na pia da cozinha, no tanque e na banheira olhando a água pingar, mas desde do incidente mencionado acima, ele tem pavor da pia do banheiro. Se você o colocar na pia da cozinha, ele fica lá, igual um a esfinge. Mas tente chegar com ele perto da do banheiro e ele vai a loucura. Hoje, com 1 aninho de vida, não sei porque, recebo a seguinte foto em meu email:


A pia é minha

Dexter na pia do banheiro. Segundo a Ju, ele perdeu o medo e agora fica lá, com pose de lord. Vai entender...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...