16 de nov de 2010

O dia que nos conhecemos ao vivo

Por Ju

Eu estava mais dura do que sei lá o que, mas tinha decido ir pra SP conhecer as meninas, vendi minha aliança de noivado e aproveitei uma promoção da Gol que baixou o valor das passagens para R$50,00. Me joguei, passei horas no site tentando comprar, já tinha sido avisada pela Keke que poderia ficar na casa dela, finalmente consegui comprar.

Sairia do Rio dia 05/04/2006 pela manhã e voltaria dia 09/04 à noite. Chegaria em SP 4ª feira para poder ir pro Funk com a Keke, a Lívia chegaria na sexta feira, se não me engano (meninas, me corrijam se eu estiver errada) e a Déia só no sábado de manhã, porque a mãe dela não deixava ela viajar e mais um monte de coisas.

Nunca demorou tanto pra chegar um sábado. Enquanto isso eu me distraía e ficava colocando as fofocas em dia com a Lívia e a Keke.

Fizemos maratona de ER para ver os episódios que a Marg participou, comemos brigadeiro, rimos muito, ligamos a cam para falar com a Déia, e temos uma foto clássica desse dia:

(Olhem como a Keke é esperta)

Finalmente o sábado chegou. A Keke e a Lívia foram buscar a Déia na rodoviária e eu fiquei em casa dormindo, ou pelo menos tentando...

Por Déia

Quando cheguei na casa da Keke a Ju estava dormindo. Perguntei pra Liv “posso pular em cima dela ou ela vai ficar brava?” ela, obviamente, respondeu “acho que vai ficar brava”. Tentando evitar um stress com a carioca marrenta, desisti de pular e a chamei com carinho “acorda passarinha...” ela virou devagar e me deu um abraço apertado! Lembro-me da sensação até hoje... Após alguns minutos de conversa, deitamos para ver um filme ela fez conchinha em mim. Senti um frio na barriga, mas ignorei, achei que era porque estava há muito tempo sem ficar com um cara ou coisa do tipo, afinal nunca havia sentido aquilo com uma menina antes.

Durante o dia todo fiquei de grude com ela, mas até então não sabia porque queria tanto ficar perto desta carioca marrenta. Lembro-me que fomos encontrar uns amigos dela no pra jogar boliche, fiquei sentada com a Keke e a Liv, mas queria ir assisti-la jogar. A Liv falou ”fica aqui com a gente, deixa ela”, mas eu estava inquieta e eu fui anyway. Nessa hora ela me disse (não sei porque) “vou beijar a sua boca” e eu disse “não”, mas na verdade não havia nem processado o que estava acontecendo, pensei que era uma brincadeira, coisa de amiga, na verdade nem pensei, apenas disse não. E foi assim o resto do dia...

De noite dormimos no mesmo colchão, acordei de madrugada com ela passando a mão na minha boca e senti uma mistura de medo e curiosidade. O que era aquilo? Será que eu estava sonhando? Fingi que estava dormindo por um tempo e depois não agüentei, virei pra ela para tentar entender o que estava acontecendo. “Me dá um beijo?” ela pediu novamente e eu disse “não...”, então ela virou para o lado... Depois de alguns segundos virei também e fiz conchinha nela, dormi fazendo carinho em sua barriga.

Na manhã seguinte, sabia que algo estava acontecendo, mas novamente resolvi ignorar. E consegui, até o momento que cruzei com ela no corredor e meu coração disparou. Senti um frio na barriga e uma sensação muito boa. Foi então que percebi “meu deus, estou afim dela”. Não falei nada e fui me arrumar para ir embora.

Ao nos despedirmos choramos muito, e logo após ir embora mandei uma mensagem para ela dizendo que estava com saudade. No ônibus a caminho de casa minha cabeça estava a mil, não conseguia dormir (quem me conhece sabe que ficar acordada no ônibus é quase impossível para mim). Ao chegar em casa, entrei correndo na internet e conversei com ela. Chegamos a conclusão que estávamos afim uma da outra, mas não sabíamos o que iríamos fazer com isso, afinal ela morava no Rio e eu em São José...

6 comentários:

jackeline disse...

UHAUHAUAHAUHAUAHAUH adorei o post!! É otimo oq vcs escrevem!!

next please!!

Dafne disse...

AAAAAAAAAAAAAAH! Amei! Cadê o resto?! Hhaha!

Liv Baum disse...

Caraca nem LEMBRAVA desse lance do boliche! E nota mil pro caminho da Keke pra chegar no Eldorado com umas 2, 3h de atraso!!!!!!!!!!!!!!!!
kkkkkk
Vcs dormiram no colchão e eu capotei no sofá. Nem vi o final do ep do Tarantino. Nem lembrava q tinha visto os eps de ER!!!!

Conta o resto logo vai!

Ju disse...

Cara, demos uma volta tão grande em SP, fomos parar em Osasco, tudo porque a lerda da Keke num sabia o caminho ahahahahahahah foi muito bom esse findi que nos conehcemos.
Fidida, tu num lembra que eu caí da cadeira qdo vi a Marg dando uns pegas no Clooney? ahahahahahahahahahahahah

Keke disse...

Hahahahahah e no primeiro dia eu a Ju e a Liv amassadas na cama...coitada da Liv que era toda tiquinha e ficou no meio!

E vcs só me zuando né?!! A parte da Juliana cair da cadeira quando a Marg agarrou o Cloney ninguem comenta? Ou ela catando coquinho na rua, quase despencando no chão ela tb não fala!

Eu sabia o caminho sim, mas a ponte orca tava fechada...isso eu não sabia!

Anônimo disse...

Ai q gostoso ler isso tudo! !!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...